Sunday, October 09, 2011

O Tio Renato

De longe ele vinha
E eu esperava
No bolso, sempre muitas balas e doces!
Adentrava pela varanda imensa
Uma altercação intensa
Risadas, correria!
Vê-lo era sempre uma alegria!
Homem velho com mente infantil
Da ruindade alheia, pouco entendia
A pele moura, mui vezes, pálida
Cabelos bem negros, silhueta esquálida
O olhar perdido e meigo
O paletó escuro meio amarrotado
Mas como era esperado!
Na fala meio confusa,
Despejava o que tinha: um grande coração!
Porém um dia, triste dia...
Nunca mais à varanda voltou!
Nunca se soube, nunca se viu...
De lembranças, só o retrato
De nosso tio, chamado Renato.

Thursday, October 06, 2011

Vestibular



' A Vestibulanda' _ Luísa DalArtesa 

Estudar para aprender
Aprender... mas nunca tudo se chega a saber...
O conhecimento é infindo!
Matemático, lógico, é lindo...
Aprendemos para saber,
Para crescer, para viver,
Mas, muito mais,
Para saber conviver...

Monday, September 26, 2011

Flores para repensar



Flores pra você
Pra repensar o mundo
Pra mudar mais um pouco
Pra chegarmos lá.
Flores perfumadas
Com graça maculadas
Quando as colhi
Pra isto servem as flores
Para propor amores
Para propor amizades
Para propor a paz
Não faça que tanto faz!
Flores pra você.
Flores para nós.



Monday, June 06, 2011

Cinema

Talentos que encontramos e para o qual desejamos muito sucesso:

CINEMA

E se for pra não fazer
Dessa nossa vida um filme,
Tal Pedro, Glauber ou Fellini;
Então esqueça meu amor
Se quer ligue o projetor!


Thiago Esposito

Tuesday, May 10, 2011

Quietude




Quietude...
Longitude...
No silêncio, pensei...
Na vida
Nas coisas
Nas pessoas
No que importa
E no que nem tanto...
Quietude, longitude...
No silêncio pensei
E voltei
E ao voltar
Todas as coisas foram
Para o devido lugar
Segundo a sua importância
Quietude, longitude...
No silêncio é bom pensar!

Luísa Dalartesa


Monday, April 18, 2011

Voar

'Pássaros sobrevoando o desfiladeiro' by Luísa Dalartesa
Voar...


Voar para analisar


Voar pra saber medir


Voar pra saber pairar


Voar para aos céus pedir


Voar para o vento escutar

Voar pra nas alturas gritar


Voar pra saber cantar


Pra saber o poder


Para saber amar.


luisadalartesa©