Monday, November 29, 2010

Se...



Se...

Sei que achas o amor tolice
Mas se quisera talvez sentisse
Assim jamais pensaria
Feliz, exaltado seria
Com palavra de ternura
Que o tempo
O quotidiano
Jamais te usurparia
Sei que achas tolice
Papo roto e mesmice
Mas ah...se ao menos tu sentisse!
Se não relegasses ao léu
Das profundezas, ascenderias
Feliz e seguro ao meu céu!


luisadalartesa©

No comments: