Sunday, September 14, 2008

Amiga Solitude





Vivo! 
Mas meu bem estar sempre esteve aliado a solidão.
Na solidão aprendi a meditar...aprendi a tudo enfrentar.
E por conseguinte, a nada temer."


"Solidão"

Que tens contra a solidão?

Na solidão ninguém te atinge

Ninguém apunhala teu coração...

Dor de quê então?

Dor nada, solução!

Só, tu não sofres a leviandade

Tu não choras a falta de privacidade

Não te arrastas amando quem não te dá valor...

Pense, então por favor...

O que lamentas?

Vagar indócil pelas horas

Cozinhando o mal que alguém fez?

Solidão...

Como uma imensidão és tu

Silênciosa e forte

Rochosa como nos fiordes

Tu não me perturbas

Não me ofendes e não me mordes...

Em tua mudez a paz reina

Sim, solidão, pra quê mais?

Voltar à alguém?

Por enquanto, sinceramente, jamais...!


No comments: