Saturday, November 25, 2006

A folha e o vento


"A folhinha e o vento"

Bailam douradas as espigas ao vento
Veio me buscar sempre a seu tempo
Nunca me deixa ir embora
E eu me vou com ele sem demora
Bailam as hastes ao sol a pino
Parece sinfonia ao violino
Vento, vento
Que vem me buscar
Quantas vezes mais
Irei contigo voar!

Grande amor é assim
Nunca parece ter fim
A folhinha de agora
Foi a folhinha de outrora

E vai ela, leve e dançando
Por cima dos pastos
Das casas e dos muros
Vai folhinha companheira
Firme e forte pro futuro

Vento, vento, apaixonado
Fico vendo o seu bailado
Mal-me-quer
Bem-me-quer
Sou do doce a colher
Sou do leite o café

Nos teus braços achegada
No teu corpo emaranhada
Co' as cordas de teu coração
Me mantém bem amarrada

Nosso beijo
É benfazejo
Diz toda criatura alada
Que acompanha a folhinha e o vento
Em suas histórias de espigas douradas

Lembra da época em que via o trem?
Á Deus agradeça e diga amém!
Por ter lhe guardado este amor
Que te preza como ninguém
Qual folhinha voadeira
Que em teu vento vai e vém!


(L.Artèsa)


No comments: